Problemas respiratórios, saiba como a Natação pode ajudar

Problemas respiratórios, saiba como a Natação pode ajudar

Quem sofre de doenças crônicas, como bronquite, asma, rinite ou qualquer outro tipo de inflamação nas vias respiratórias, tende a fugir das atividades físicas; o que é um erro! Afinal, a prática regular de exercícios físicos ajuda a melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com problemas respiratórios. 

A natação é o esporte mais indicado pelos médicos nestes casos, já que os exercícios realizados dentro da piscina contribuem para aumentar a entrada e saída de ar nas vias respiratórias. Isso porque, durante a aula, o aluno permanece com o tórax submerso, desafiando seus músculos correspondentes a vencerem a resistência causada pela água. 

A ação direta da pressão da água sobre o tórax, segundo alguns estudos, aumenta em cerca de 60% o trabalho de musculaturas que estão envolvidas no processo respiração. Ou seja, essa pressão hidrostática melhora o sistema cardiorrespiratório graças ao deslocamento sanguíneo das regiões periféricas para a região central, onde estão o coração e os pulmões. 

Crises controladas, melhor respiração
Hoje em dia é comum as crianças apresentarem doenças respiratórias. Entre as causas desses problemas estão o aumento da poluição em grandes cidades e as mudanças bruscas de clima que muitas vezes enfrentamos. O ideal é que as crianças procurem o pediatra para tratar as doenças respiratórias sendo que a natação infantil pode contribuir para o tratamento e prevenção de novos episódios. 

Perfeito para crianças que apresentam doenças respiratórias, o esporte está entre os mais indicados para esses problemas. Entre os benefícios estão o aumento da resistência do organismo além da melhora no padrão respiratório e condicionamento físico da criança. Quando a criança pratica natação com frequência, o contato com a água favorece alguns fatores como a umidade dentro das narinas, deixando as vias aéreas menos ressecadas. Isso evita problemas futuros, como sangramentos e alergias, além de tornar a respiração mais fácil.

Outro fator interessante é que a pressão da água no tórax faz com que a respiração seja mais forte. Segundo estudos, há um aumento de 60% do trabalho respiratório quando a pessoa está imersa. Todo esse “trabalho” exige mais dos músculos dos pulmões e da capacidade cardiorrespiratória. Esse exercício resulta em músculos mais fortes e, consequentemente, menos problemas na hora de respirar.

Já para os asmáticos, a respiração pela boca e os exercícios de expirar e inspirar fazem com que eles tenham maior controle sobre o ar que entra e sai. A natação infantil vai trabalhar ainda com o diafragma e músculos da cintura, o que, mais uma vez, facilita a respiração e dá mais qualidade de vida às pessoas. Nesse sentido, a postura e deformidades no tórax também são melhoradas, pois ocorre o fortalecimento e alongamento da musculatura do tronco.

CONTATO

* Campos obrigatórios

Whatsapp - (17) 99787-6405
(17) 3227 1222 | (17) 3227 1490
aquaticasjp@terra.com.br


Rua Felício Antônio Siqueira, 1900
Jardim Walquíria
São José do Rio Preto